banner

 

António Guedes Oliveira Silva

026666
Data da primeira prisão

Natural de Vila Nova de Gaia, nasceu a 01-05-1901, filho de Adelaide Amália Carolina e pai incógnito.
Motorista ("Chauffer") e militante comunista, foi preso em 07-11-1937, recolhendo a uma esquadra incomunicável.Transferido para a Cadeia do Aljube em 17-03-1938 e, um mês depois, a 22-04-1938, dá entrada na enfermaria, de onde tem alta no dia 28 de abril. Regressa à enfermaria do Aljube em 15-07-1938, sendo-lhe dada alta no dia 19, sendo transferido para o Reduto Norte do Forte de Caxias em 11-08-1938.
Em 09-12-1938 é enviado para a 1.ª Esquadra, regeressando a Caxias no dia seguinte.
Em 28-02-1939, é de novo transferido para a 1.ª Esquadra, regressando, mais uma vez a Caxias em 05-03-1939 e, no dia 14 desse mesmo mês de março, vai de novo para a 1.ª Esquadra, sendo condenado em Tribunal Militar Especial, no dia seguinte, na pena de 11 anos de degredo "numa das Colónias, com prisão por 1 ano no lugar de degredo, 20.000$00 de multa e na perda dos direitos políticos por 10 anos".
Em 1 de abril de 1939, culminando todo o historial de violências de que fora vítima (basta atentar nas sucessivas transferências de cadeia), foi enviado para o Campo de Concentração do Tarrafal, em Cabo Verde, onde viria a morrer, devido a uma biliosa, no dia 3 de novembro de 1941, com a idade de 40 anos.