banner

 

Augusto Costa

Augusto Costa
026667
Data da primeira prisão

Nasceu em 1901 em Marrazes, Leiria. Ainda muito novo, acompanha os pais, que vão viver para a Marinha Grande
Oficial vidreiro na firma "Santos Barosa", adere ao Partido Comunista Português e aparece envolvido na criação do Sindicato Vidreiro.
Comunista, participa na greve revolucionária de 18 de janeiro de 1934 e, designadamente, está presente na brigada que escolta os soldados da GNR que se tinham rendido aos revoltosos.
Preso e condenado em Tribunal Militar Especial a 5 anos de degredo, é enviado, em 08-09-1934, para a Fortaleza de S. João Batista em Angra do Heroísmo, na Terceira, Açores, e é embarcado com os primeiros presos que seguirão para o Campo de Concentração do Tarrafal, na Ilha de Santiago, em Cabo Verde, em 23 de outubro de 1936.
Menos de um ano após a sua chegada ao Campo, morre em 22 de setembro de 1937, sem assistência médica e medicamentosa, com 36 anos de idade.