banner

 

Francisco Ferreira Marquêz

010862
010862
Data da primeira prisão

Natural de Lisboa, nascido a 17 de fevereiro de 1914, filho de Felix de Carvalho Marquêz e Melania de Jesus Abrantes Ferreira.
Empregado de escritório, foi preso pela PVDE em 8 de julho de 1938, "recolhendo incomunicável a uma esquadra", até ser transferido para a Cadeia do Aljube em 12-08-1938 e para o Reduto Norte de Caxias em 22 do mesmo mês de agosto. Transferido para a 1.ª Esquadra em 9 de fevereiro de 1939, será condenado em Tribunal Militar Especial, dois dias depois, na pena de 22 meses de prisão correccional que, descontada a pena já sofrida, ficou estabelecida em 412 dias e na perda de direitos políticos por 5 anos.
No dia seguinte, foi transferido para o Depósito de Presos de Peniche, sendo libertado em 24 de dezembro de 1939.
O certo, porém, é que foi preso novamente em 1 de abril de 1944, recolhendo à Cadeia do Aljube, sendo transferido para a Cadeia de Caxias em 5 de maio. Vítima de espancamentos, Francisco Marquêz morreu no Depósito de Presos de Caxias no dia 13 de maio de 1944, com 30 anos de idade.