banner

 

José António Companheiro

015979
015979
Data da primeira prisão

Natural de Matriz, Borba, filho de João Manuel Companheiro e de Mariana Inácio Vermelha, nasceu a 24 de dezembro de 1921.
Operário canteiro, foi preso pela PVDE em 10 de setembro de 1941 e transferido da Cadeia Civil de Borba para a Cadeia do Aljube 5 dias depois. Transferido para o Reduto Norte do Depósito de Presos de Caxias em 1 de novembro de 1941, de onde sairá para a 1.ª Esquadra no dia 10 de janeiro de 1942, para ser condenado, nessa data, em Tribunal Militar Especial na pena de 22 meses de prisão correcional e na perda dos direitos políticos por 5 anos.
Em 13 de janeiro de 1942, regressa a Caxias, sendo transferido para o Depósito de Presos de Peniche 3 dias depois.
Em 25 de maio de 1943, é transferido para a Cadeia do Aljube, onde, no dia seguinte, é enviado para a Enfermaria, recebendo alta a 7 de junho de 1943, para ser "restituído à liberdade condicional" no dia seguinte. 
Morre em 1945, aos 24 anos, em consequência dos maus tratos sofridos na prisão.