banner

 

Carlos Eugénio Ferreira ou Carlos Eugénio Tavares

007256
Data da primeira prisão

Jornaleiro, residente em Ponta Delgada (desconhecendo-se a filiação e data de nascimento).
Em 10 de outubro de 1936, foi posto à disposição da PVDE pelo Comando da PSP de Ponta Delgada, recolhendo aos calabouços desta última.
Em 28 de fevereiro de 1937, foi transferido para o Depósito de Presos de Angra do Heroísmo, na Ilha Terceira. E, em 3 de maio, baixou ao "hospício de alienados".
Em consequência dos maus tratos sofridos, vem a falecer na Casa de Saúde de S. Rafael (serviço de saúde mental) no dia 31 de julho de 1937, nove meses após a sua detenção.